quinta-feira, 12 de julho de 2018

DITADOS E OS SIGNIFICADO... A dar com o pau.


O substantivo “pau” figura em várias expressões brasileiras. Esta expressão teve origem nos navios negreiros. Os negros capturados preferiam morrer durante a travessia e, pra isso, deixavam de comer. Então, criou-se o “pau de comer” que era atravessado na boca dos escravos e os marinheiros jogavam sopa e angu pro estômago dos infelizes, a dar com o pau. O povo incorporou a expressão.
*
Tenho vergonha da minha
Raça, que é o único animal
Que Deus deu inteligência
Pra distinguir bem e mal.
Mas por cegueira e vaidade
Fez e faz tanta maldade
Que o castigo é dar com o pau!

segunda-feira, 2 de julho de 2018

A voz do povo, a voz de Deus



* 
Essa tá obvia. Quem realmente sabe das coisas é o povo.
mas você sabe de onde vem?
As pessoas consultavam ao deus Hermes, na cidade grega de Acaia, e faziam uma pergunta ao ouvido do ídolo. Depois o crente cobria a cabeça com um manto e saía à rua. As primeiras palavras que ele ouvisse eram a resposta a sua dúvida.
*
Ouve o seu coração
E os pensamentos seus
Antes de ouvir o mundo
Ou meros conselhos meus.
Se ante o céu não há nada novo
Pode ser que a voz do povo
Também seja a voz de Deus!

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Um mês só para a quadrilha. Autor: Damião Metamorfose.


*
Tem o dia mundial
Do trabalho e da mulher
Da paz quando a paz houver
E Contra crime racial.
Tem dia internacional
Do pai, da mãe, e da filha
E toda a mídia pontilha
Como ótima diretriz
O Brasil é o único país
Que tem um mês pra quadrilha.
*
O dia da ação de graças,
Dá água, trabalho, amor,
Saúde e consumidor
Orgulho gay e das raças.
Mas no país das trapaças
Onde o cruzeiro mais brilha
Criaram essa maravilha
Para distrair vocês
É em vem de um dia é um mês
Todinho só pra quadrilha.
*
É assim com quadrilha ou sem
O meu país não tem guerra
E essa é a minha terra
Que Eu amo e quero bem
Vou me esquivando de quem
Faz parte dessa matilha
E acho uma maravilha
Sou brasileiro e feliz
Vivendo nesse país
Com um mês todin pra quadrilha.


sexta-feira, 1 de junho de 2018

Brasileiro provou que é galinha... Autor: Damião Metamorfose


*
Que país é esse? Essa é a pergunta,

Que um irmão não ajuda o outro irmão

Nem mesmo sendo em uma precisão

A nação desunida não se junta.

Se somassem essa força adjunta

Temeroso acabava recuando

Desunidos acabaram atiçando

E aumentando o poder desse morrinha.

Brasileiro provou que é igual galinha,

Toma no... Bebe água e sai cantando!

*

Para tirar a Dilma do poder

Reuniram uma classe contratada

Com a dança da panela ensaiada

Paneleiros pra melhor se entender.

Depois deram um jeito de prender

O Lula e de ladrão foram taxando

Se entregou com o povo lhe abraçando

E o juiz saiu às escondidinha

Brasileiro provou que é igual galinha,

Toma no... Bebe água e sai cantando!
*

No Brasil do corrupto e da propina
Onde a nota de um já virou cem.

Uma mão lava a outra e tudo bem,

Com assalto e suborno em toda esquina.

Com a recente alta da gasolina

Combustível em geral só aumentando

Caminhoneiros em greve implorando

Parem os carros! senão é o fim da linha.

Brasileiro provou que é igual galinha

Toma no... Bebe água e sai cantando!

*

Não me venha dizer que ajudou

Fez piquete e pôs fogo em rodovia

Mas depois pegou fila no outro dia

Pra dar lucros a quem mais lhe roubou.

Dessa forma você atrapalhou

Muito mais quem estava lhe ajudando.

Caminhoneiros pedindo e implorando

Pra não deixarem a classe sozinha.

Brasileiro provou que é igual galinha,

Toma no...  Bebe água e sai cantando!


segunda-feira, 14 de maio de 2018

Mãe... homenagem à minha Esposa Vitória



O dia das mães devia
Além de ser  feriado.
Ser dia santo e sagrado
Porque ele é o maior dia.
E Eu em tom de poesia
Mesmo uma assim tão simplória
A minha esposa Vitória
Dedico estes versos meus
À ela e agradeço a Deus
Parte maior dessa história!
*
Séculos de vida, de gloria,
Derrotas sim, por que não?
Mas de muita evolução,
Em toda essa trajetória.
Faço esta dedicatória
À tí esposa querida
E que por você seja ouvida
Que és a mãe mais amada
Mais perfeita e desejada
Por mim, nesta ou noutra vida!





sábado, 12 de maio de 2018

Mãe. Damião Metamorfose


Mãe que perde a juventude
Para cuidar de um rebento
E não reclama um só momento
Dessa sua atitude.
Que em tudo ela é virtude
E se doa sem reclamar
Já parou para pensar
Do que uma mãe é capaz?
Mãe te devo muito mais
Do que alguém possa pagar!
*
Não há quem pague o presente
Que a mãe nos dá sem cobrança
E o seu amor é uma herança
Pra vida inteira da gente.
Mesma ela estando doente
Para cuidar da sua cria
Finge que está sadia
Esquece a sua própria dor
Mãe é sinônimo de amor
Infinito, é poesia!

Você foi minha heroína
Foi o meu porto seguro
Foi ponte e fonte de ar puro
Minha água cristalina.
As coisas que mãe ensina
Jamais serão esquecidas
Por Eu vão ser repetidas
Em qualquer lugar que eu for.
Mas igualar o seu amor
Nem que Eu voltasse em mil vidas!

terça-feira, 1 de maio de 2018

Tributo a Lindorneto Autor: Damião Metamorfose



*
Hoje fazem treze anos
Que um grande amigo meu
Devido a um grave acidente
Que em seu trabalho ocorreu
Partiu para eternidade,
Desencarnou, faleceu...
*
Lindorneto é o nome seu
Para os amigos Dorneto
Em mecânica e parte elétrica
De motos, era completo.
Ótimo amigo, bom caráter,
Humilde, humano, correto...
*
Mas Deus o grande arquiteto
Com certeza precisou
De um alguém em sua oficina
Chamou Dorneto e falou
Você quer ser promovido?
E Ele é claro, aceitou!
*





Foi, mas seu nome ficou
E a sua fama também
Porque depois de você
Meu amigo, mais ninguém
Ocupa aqui no meu peito
O lugar que você tem!
*
Você foi um homem sem
Fronteira pra caridade.
Mesmo precisando um não
Dizia um sim com a vontade
De quem nasceu pra servir
A todos com igualdade!
*
Seus pais choram de saudade
E todos os amigos seus
Ainda sentem a sua falta
E lamentam o seu triste adeus
Mas se confortam porque
Sabem que estás com Deus!
*
E Eu nestes versos meus
Agradeço a amizade
E mando um abraço forte
Carregado de saudade.
E asseguro meu amigo
Que um dia estarei contigo
Aqui ou na eternidade!